quarta-feira, 28 de maio de 2008

o primeiro botão do lirio branco abriu ontem.
hoje convida nos a admira-lo.

2 comentários:

Sara Oliveira disse...

Boa tarde!

É provável que a professora Rosário não se lembre de mim..fui sua aluna há 3 anos atrás no Rodrigues de Freitas.

Ainda há poucos dias atrás, em mais uma daquelas reflexões momentâneas durante as quais reparo o quanto mudei nestes dois anos, e no prazer imenso em fazer o que faço, que me lembrei da professora...

Estou agora a acabar o 11º ano na Escola Secundária Artística de Soares dos Reis, curso de Comunicação Audiovisual, rumo que nunca pensei vir a tomar.

...com estas lembranças, foi inevitável começar a rir..!

Como pude eu durante um ano achar certas ideias, trabalhos e costumes extravagantes e sem sentido algum..santa ignorância!

E agora entrei eu também nesse mundo..nesse local mágico de vida única. sem contornos.feito de manchas, luzes e sons...onde a diferença aproxima as pessoas.

Professora Rosário, obrigada por me ter feito ver que somos nós que temos que ir em busca e encontrar o sentido das coisas que vemos e sentimos.

Posso dizer que, inevitavelmente, me fez encontrar o caminho e o sentido da minha vida.

Um grande beijinho,

Sara Oliveira

Rosário Forjaz disse...

Sara!

É sempre bom, sabe tão bem saber que somos inmportantes, como priofessores, como pessoas.
Obrigada pelas tuas palavras.
Voltar-nos-hemos a ver.
Se entretanto quiseres conhecer um pouco do trabalho que esta antiga professora vai realizando, vê as aguarelas que exponho no momento.

E depois? Diz-me, conta-me de ti, desses sons e dessas cores que nos acompanham e estimulam para a vida!
1 beijinho grande,
Rosário Forjaz